Entenda o que é a Raspagem Periodontal

Preservar a rotina de visitar o dentista no mínimo duas vezes ao ano, é fundamental para manter a saúde bucal em dia. Isso porque nessas consultas ele faz a limpeza no dente mais completa, aplica flúor e, em muitos casos, realiza também a raspagem periodontal — um procedimento que elimina o tártaro e previne inflamações na gengiva e nas estruturas de suporte dos dentes.

O que é a raspagem no dente (raspagem periodontal)?

Popularmente conhecida como “limpeza”, a raspagem periodontal é um tratamento que visa retirar o tártaro da superfície dental, assim como entre os dentes e gengiva. É um procedimento importante porque o tártaro é resultado do acúmulo de bactérias, que pode causar a inflamação das gengivas (gengivite) ou problemas mais sérios, como a periodontite — infecção que afeta a estrutura que dá suporte aos dentes (periodonto).

Como a limpeza dental ela é realizada?

Esse procedimento pode durar de uma ou mais sessões, dependendo da gravidade do acúmulo de tártaro e da inflamação nas gengivas. A raspagem pode ser de 2 tipos:

  • supragengival: a mais comum, realizada para retirar o tártaro da parte visível do dente, indicada para quando não há bolsa periodontal, isto é, quando o osso em volta do dente ainda não começou a ser perdido (doença chamada gengivite);
  • subgengival: retira o tártaro que está abaixo da linha da gengiva e já ocorre a reabsorção do osso de suporte do dente. Essa doença é chamada de periodontite.

Para quais casos a raspagem no dente é indicada?

A raspagem periodontal, que garante dentes e gengivas saudáveis e um sorriso mais bonito, é indicada para os seguintes casos:

  • acúmulo de tártaro nos dentes, que é, na verdade, a placa bacteriana endurecida e que não pode ser removida com a escovação;
  • inflamação da gengiva: quando o paciente está com a gengiva mais vermelha, sensível e que sangra ao passar o fio dental ou morder alguns alimentos;
  • retração gengival, quando a raspagem pode melhorar a estética e prevenir infecções; e
  • casos de periodontite, que têm como sintomas mau hálito, sangramento das gengivas, sensibilidade e amolecimento dos dentes.

De quanto em quanto tempo devo fazer limpeza nos meus dentes?

É importante ficar atento a qualquer alteração nas gengivas, pois caso fiquem mais sensíveis e comecem a sangrar com facilidade, o dentista deve ser procurado rapidamente.

Entretanto, mesmo que não haja nenhum desconforto, é fundamental ir às consultas odontológicas pelo menos duas vezes ao ano para que sejam realizados os procedimentos preventivos, como a raspagem.

Dependendo da condição de saúde bucal do paciente — como pessoas com histórico de periodontite, com sensibilidade dental, diabetes ou fumantes —, esse acompanhamento deve ser realizado em um intervalo menor, de acordo com a recomendação do dentista.

Dental Form – Clínica odontológica no Rio de Janeiro

Agende agora sua consulta na clínica Tijuca ou na clínica na Barra da Tijuca. Conheça mais sobre a clínica e nossa equipe de dentistas aqui.

Para outras dúvidas e marcação de consulta, clique abaixo para falar com nosso atendimento via WhatsApp.