Restauração de resina ou amálgama: Uso, indicações e cuidados

A dentística restauradora é a área da odontologia que trata da restauração de dente, ou seja, a recuperação de dentes danificados. De uma simples cárie até a extração de um nervo ou qualquer deformidade que o dente venha a ter em decorrência de uma intervenção, é de responsabilidade do especialista nesta área recuperar o dano e deixar o dente o mais próximo possível com o natural, mantendo suas funções.

Veja as recomendações de uso e cuidados com as restaurações de resina e amálgama.

Para que serve a restauração de dente?

Em seus estágios iniciais, a cárie pode parecer inocente. Mas, se não tratada adequadamente, o paciente pode sofrer até mesmo uma perda dentária. É aqui que entra a restauração.

A restauração é uma forma de fazer com que o dente afetado pela cárie volte à sua forma e sua função normal. Quando o dentista faz uma restauração, ele primeiro remove a parte do dente que esta deteriorada, limpa a área atingida e então preenche a cavidade limpa com um material de restauração.

Ao fechar os espaços onde as bactérias podem se infiltrar, a restauração também ajuda a prevenir uma deterioração posterior.

Restauração de amálgama ou resina: veja as diferenças

Você já deve ter reparado que algumas pessoas têm a parte superior do dente prateada, parecendo com a cor de metal. Normalmente isso acontece por conta da presença de uma restauração com amálgama, que é mais resistente e indicada quando o paciente precisa de restauração nos dentes posteriores, por ficarem mais escondidos e serem mais largos.

Já a restauração feita com resina costuma ser mais discreta, com a cor mais parecida com um dente natural. Esse modelo é mais usado nos dentes da frente, naturalmente mais visíveis, sem atrapalhar a estética do sorriso do paciente.

Amálgama prateado // Resina

Como saber se preciso de uma restauração de dente?

Apenas seu dentista poderá determinar se você tem uma cárie que precisa ser tratada. Durante uma avaliação, seu dentista utilizará um pequeno espelho para examinar as superfícies de cada dente. Qualquer aspecto que pareça anormal será, então, minuciosamente examinado com instrumentos especiais. Seu dentista poderá também fazer uma tomada radiográfica completa da boca ou apenas parte dela. O tipo de tratamento que seu dentista irá escolher depende da extensão do dano causado pela cárie.

Dental Form – Clínica odontológica no Rio de Janeiro

Agende agora sua consulta na clínica Tijuca ou na clínica na Barra da Tijuca. Conheça mais sobre a clínica e nossa equipe de dentistas aqui.

Para outras dúvidas e marcação de consulta, clique abaixo para falar com nosso atendimento via WhatsApp.


Perguntas frequentes sobre restauração dentária

O que é uma restauração dentária?

restauração dentária é um tratamento recomendado em uma situação em que um dente foi danificado estruturalmente. Assim, se uma pessoa tem o dente quebrado ou lascado, é preciso fazer uma restauração para corrigir esse problema.

É preciso restaurar o dente? Qual é a importância da restauração dentária?

O dente quebrado ou lascado não se trata apenas um incômodo estético. Na verdade essa situação pode ser prejudicial para a autoestima, mas pode, também, causar sérios danos para a saúde do indivíduo.

Como os dentes têm uma função mastigatória, que é fundamental para o bom funcionamento do sistema digestivo, a restauração dentária é essencial para cuidar dessa questão.

Como funciona a restauração no dente?

Uma restauração dentária pode ser feita com diversos materiais. Os mais comuns são resina composta ou porcelana, mas outras opções, como amálgama e ouro, também existem.

O procedimento em si depende do estado do dente danificado. Em casos de cáries, o primeiro passo é a remoção da parte deteriorada, que é seguida pela limpeza da área em questão. Depois, o dentista preenche a cavidade.

Já no caso de uma fratura ou perda de uma parte do dente, o que vai acontecer é que o dentista vai usar o material selecionado para preencher a falha e retornar o dente à aparência normal. Se for necessário criar uma peça maior, o dentista tira um molde da boca e confecciona a peça com a ajuda de um laboratório.

A ideia é que o resultado final seja, de forma geral, impossível de distinguir de um dente não-restaurado. Por conta disso, os materiais são bastante duráveis, e uma restauração bem feita, com os devidos cuidados, pode durar anos.

Quais são os cuidados após restauração dentária?

Com o tratamento de restauração de dente realizado, é importante que o paciente tome cuidado com a sua higiene bucal, principalmente em casos de restauração feita com resina, onde o material pode mudar de cor com o passar do tempo. Além disso outros cuidados importantes resumem-se em:

  • Cuidados diários
  • Cuidados com a alimentação
  • Controle do bruxismo
  • Revisão da restauração no dente

Cuidados diários

Escovar os dentes e passar o fio dental após todas as refeições são hábitos que a pessoa com restauração deve inserir no seu dia a dia. Restos de alimentos entre os dentes, além de propiciarem um ambiente favorável à formação de cáries, podem danificar as restaurações existentes.

Recomenda-se aos pacientes com restaurações dentárias atenção ao ingerir bebidas coloridas como café, chá, vinho ou refrigerante. Em caso de consumo a escovação deve ser imediata, evitando o risco de manchas nos dentes e nas restaurações. O cigarro também deve ser evitado também por este motivo.

Abrir garrafas, quebrar ou segurar coisas com os dentes e roer as unhas são outros hábitos que devem ser evitados por quem tem restaurações (e mesmo quem não tem).

Cuidados com a alimentação

Ter cuidado na ingestão de alimentos interfere na durabilidade e boa manutenção da restauração. Além das bebidas mencionadas anteriormente, alimentos como chocolate e beterraba requerem uma limpeza rápida. Alimentos muito duros como, por exemplo, pipocas, castanhas, nozes e afins, exigem uma mastigação cuidadosa e, de preferência, pelos dentes não restaurados. Alimentos pegajosos devem ser evitados, pois podem grudar comprometendo ou mesmo removendo a restauração.

Controle do bruxismo

O ranger dos dentes desgasta dentes e restaurações, que podem vir a lascar ou trincar. Utilizar uma placa miorrelaxante flexível de silicone ou rígida de acrílico é recomendável para evitar o desgaste e os demais efeitos nocivos do bruxismo.

Revisão da restauração dentária

Por fim, recomenda-se a visita semestral ao dentista, para limpeza dos dentes e revisão de cada restauração. Esse cuidado deve ser periódico e frequente, pois são a garantia de mais saúde bucal e menos dores de cabeça.

Onde fazer restauração dentária?

Agora que você já sabe o que é restauração dentária, é hora de tomar passos práticos para cuidar melhor da sua saúde bucal. Na Dental Form você conta com um equipe de dentistas multidisciplinar e especializada, pronta para te atender.

Além do tratamento de restauração dentária, nossos pacientes contam com outros tratamentos em nossas clínicas na Tijuca e Barra da Tijuca. Do atendimento clínico geral, tratamento com aparelho ortodôntico, tratamento de canal dentário, próteses, protocolos dentários e implantes também podem ser realizados em nossas unidades.

A clínica odontológica Dental Form conta com duas unidades, com dentistas na Tijuca, na Rua Haddock Lobo, e dentistas na Barra da Tijuca, na Avenida das Américas, ao lado do Supermercado Guanabara.

Qual plano cobre restauração dentária?

A Dental Form possui cobertura para o procedimento de restauração dentária. Você pode marcar sua consulta restauração pela rede credenciada dos planos odontológicos Amil Dental, Bradesco Dental, Odontoprev, Unimed Odonto, Sulamérica Odonto, Primavida, MetLife.

Entre em contato conosco e agende sua consulta.